rendimento CDI - Grão

Rendimento CDI: Como Funciona e Como Saber?

O CDI é uma taxa usada no cálculo de rendimento de muitos investimentos. Mas você sabe como funciona na prática o rendimento CDI?

Pois é, muitas pessoas sabem que determinados investimentos rendem uma porcentagem do CDI, mas não sabem o que isso significa.

E isso vai totalmente contra o que sempre dizemos aqui sobre educação financeira. Não é mesmo?

Afinal, para cuidar bem do seu dinheiro, você precisa saber exatamente a quais taxas ele está sendo submetido.

Mas, calma, ao longo deste texto vamos te ensinar o que essa sigla significa. Além de como descobrir o seu valor e como ela impacta os seus investimentos.

rendimento CDI - Grão
Crédito: Pexels

O que é o CDI?

O CDI é uma sigla para Crédito de Depósito Interbancário. Ou seja, ele nada mais é do que a taxa de juros comum usada em empréstimos que os bancos fazem entre si.

Os bancões usam o CDI para que eles consigam fechar o caixa do dia no positivo. Isto é: para que eles terminem o dia com mais dinheiro entrando, do que saindo.

Por exemplo, se, em um dia, um banco tem mais dinheiro saindo em saques de clientes do que entrando via depósitos, ele faz um empréstimo com outro banco para cobrir a diferença.

Isso porque o Banco Central determina que os bancos nunca podem fechar o dia em saldo negativo. 

Resumo da questão: a média dos juros desses empréstimos interbancários é a taxa CDI.

Por isso, o CDI é diário. Mas também tem uma versão mensal e anual, usando sempre conversões (ou médias) da taxa diária.

Ok, agora você já sabe como funciona o CDI na dinâmica dos bancos. Mas e na vida de nós, meros mortais, como ele impacta? 

Bom, ele impacta sobre alguns investimentos financeiros. E vou te explicar como agora mesmo.

Como funciona o rendimento CDI em investimentos?

O rendimento CDI depende do cálculo de cada tipo de investimento. Por exemplo, todo o dinheiro guardado na nossa Conta Guardar Grão rende até 100% do CDI.

Isso quer dizer que, se o CDI está a 2,65% ao ano, o seu dinheiro vai render 2,65% em cima do valor guardado no final de um ano.

rendimento CDI - Grão
Crédito: Pexels

No entanto, sabemos que nem sempre você vai deixar o seu dinheiro investido na conta por um ano, não é mesmo?

Apesar da taxa ser ao ano, os investimentos calculam o seu rendimento de acordo com o tempo de aplicação.

E ao contrário da poupança, que só rende no aniversário da aplicação, a maioria das contas digitais entregam rentabilidade diária ou semanal.

Assim, o seu rendimento é entregue ao longo de todo o mês, sempre em porcentagens equivalentes.

Vale lembrar ainda que, além de aplicações em contas digitais, muitos investimentos em Renda Fixa também consideram rendimento CDI. 

Principalmente títulos privados pós-fixados, como CDBs, LCIs e LCAs. Mas confira sempre o cálculo de rendimento antes de fazer sua aplicação, ok?

Como saber o CDI?

O CDI é calculado pela Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos Privados (CETIP). 

A Cetip está vinculada à B3, a bolsa de valores brasileira. Por isso, no site da instituição você consegue consultar a variação diária, mensal e anual do CDI. 

É possível, inclusive, ter acesso a série histórica desses dados.

O CDI e a Selic

Como sabemos, o CDI e a Selic são as taxas mais usadas em investimentos Renda Fixa. E, na realidade, elas são duas taxas muito próximas, já que ambas falam de juros. 

A diferença é que, enquanto o CDI é a taxa de juros das operações de empréstimo entre instituições financeiras, a Selic é a taxa de juros relacionada à dívida pública do país.

Quando você faz um investimento no Tesouro Selic, você está emprestando dinheiro ao governo. 

Já quando você faz um investimento de rendimento CDI, você está emprestando dinheiro a uma instituição financeira.

Rendimento CDI e rendimento Selic

Geralmente, o CDI costuma ficar 0,10 ponto porcentual abaixo da Selic. O que significa que, se hoje a Selic está em 2,75% ao ano, o CDI está em 2,65% ao ano.

Confira o histórico da Selic e CDI nos últimos 12 meses (% ao ano):

  • Março/2021: Selic 2,75% e CDI 2,65%;
  • Fevereiro/2021: Selic 2,00% e CDI 1,90%;
  • Janeiro/2021: Selic 2,0% e CDI 1,90%;
  • Dezembro/2020: Selic 2,0% e CDI 1,90%;
  • Novembro/2020: Selic 2,0% e CDI 1,90%;
  • Outubro/2020: Selic 2,0% e CDI 1,90%;
  • Setembro/2020: Selic 2,0% e CDI 1,90%;
  • Agosto/2020: Selic 2,0% e CDI 1,90%;
  • Julho/2020: Selic 2,25% e CDI 2,15%;
  • Junho/2020: Selic 2,25% e CDI 2,15%;
  • Maio/2020: Selic 3,00% e CDI 2,90%;
  • Abril/2020: Selic 3,00% e CDI 2,90%;
  • Março/2020: Selic 3,75% e 3,65%.

A grande diferença, no entanto, está na porcentagem do indicador do investimento. Por exemplo, a poupança rende 70% da Selic, enquanto a Conta Digital Grão rende 100% do CDI.

Dessa forma, mesmo o CDI sendo um pouco mais baixo que a Selic, o cálculo do investimento faz com que a conta digital seja mais atraente. 

Já em títulos de Renda Fixa, um papel que rende 100% da Selic é mais atraente que um de 100% do CDI.

Resumo da história: preste muita atenção nos detalhes e sempre faça comparações antes de escolher um investimento.

Rendimento CDI: de olho nos pós-fixados

Como dissemos, o rendimento CDI é muito utilizado em títulos Renda Fixa pós-fixados. No entanto, vale uma consideração importante aqui.

Na hora de fazer uma comparação para se ter ideia se um pós-fixado vale a pena ou não, leve em consideração o tempo.

Sim, se o seu título é de um ano, por exemplo, a rentabilidade final corresponderá ao CDI acumulado nesse período.

Ou seja, será considerado o CDI acumulado em 12 meses. Enquanto em uma aplicação de dois anos, será considerado o CDI acumulado em 24 meses, e assim por diante.

Nesse cálculo do “CDI acumulado”, são somadas as taxas registradas em cada mês dentro do período total. Claro que utilizando então o valor do CDI mensal.

rendimento CDI - Grão
Crédito: Pexels

Conclusão

Antes de aplicar o seu dinheiro em qualquer investimento, você precisa entender o cálculo de rentabilidade dele. E geralmente essa rentabilidade está atrelada a um indicador.

O CDI e a Selic são os indicadores financeiros mais comuns. E são referentes às taxas de juros. 

Como um investimento, geralmente, é um empréstimo, você receberá uma porcentagem de alguma dessas taxas de juros.

No caso de investimentos em títulos de dívida de bancos, ou o rendimento automático de contas digitais, como a Conta Grão, você receberá um rendimento CDI.

Já em títulos do Tesouro Direto e na tradicional poupança, a Selic se faz presente no cálculo.

Por isso, esteja atento ao valor do CDI, que geralmente é a Selic menos 0,10. E lembre-se que o número mais utilizado se refere a uma porcentagem ao ano.

Munido de informações, agora você pode comparar investimentos e escolher a melhor opção para você. Boa sorte!

E se você quer melhorar suas finanças, conte com a Grão. Todos os dias trazemos dicas financeiras nas nossas redes sociais: Instagram, Facebook e YouTube.

Por fim, baixe grátis o aplicativo Grão e comece agora a juntar dinheiro! O app é gratuito e está disponível nas principais lojas de aplicativos Google Play ou App Store.

Leia também

Deixe seu comentário

Comece a poupar com a Grão