Celulares baratos - Grão

Celulares Baratos: Como Juntar Dinheiro Para Comprar o Seu

Está precisando trocar de celular mas a grana está curta? Calma, existem algumas opções de celulares baratos que podem atender à sua necessidade sem te deixar no vermelho.

Além disso, assim como qualquer compra, adquirir um smartphone demanda planejamento. Quanto antes você definir o valor e quando precisa comprar o produto, mais fácil fica juntar o dinheiro necessário.

Comprar celular: dicas para juntar dinheiro 

Ok, você já sabe que precisa comprar um celular, mas talvez isso não seja uma necessidade tão urgente. 

Se você acha que o seu aparelho ainda dá conta do recado por alguns meses, então use esse tempo para juntar dinheiro.

Em primeiro lugar, faça uma busca na internet sobre qual smartphone atende às suas necessidades e tem o melhor preço do mercado. Em seguida, leve em consideração o seu perfil de uso, se perguntando:

  • Eu trabalho com o celular?
  • Uma boa câmera, para tirar boas fotos e vídeos, é essencial para mim?
  • O quanto eu uso o celular e para quê? (se você gosta de jogos, por exemplo, pode precisar de um processamento mais potente)
  • Qual é a minha condição financeira? Quanto posso gastar sem comprometer meu orçamento?

Muitas pessoas, mesmo sem terem muito dinheiro, acabam se endividando para ter um celular top de linha. No entanto, será que isso vale à pena?

Lembre-se: o celular é um bem que desvaloriza muito rápido. Certamente, em poucos anos, ele já começa a perder a sua funcionalidade e é muito difícil revender com um bom valor.

Por isso, talvez, comprar um aparelho mais barato e investir o seu dinheiro pode ser muito mais vantajoso. 

Dessa forma, com o tempo, a sua condição financeira pode melhorar e você pode passar a comprar celulares mais caros sem sofrimento. Que tal?

Custo - o que é - Grão
Crédito: Pexels

Planejamento para comprar o celular

Uma vez que você sabe quanto pretende gastar em um aparelho e quanto tempo tem até fazer a compra, fica fácil juntar o dinheiro.

Logo depois, divida o valor pelo número de meses que você tem para juntar o dinheiro. Assim, você chega à quantia que você precisará guardar todos os meses.

Para que fique ainda mais fácil, baixe o aplicativo da Grão e crie uma meta para a compra do celular. Assim o aplicativo te lembrará, todos os meses, de guardar a quantia necessária.

Além disso, na Grão o seu dinheiro rende até 100% do CDI automaticamente, o que ajuda a chegar ao valor necessário mais rápido.

Pente fino no orçamento

Caso você não tenha o valor necessário sobrando no seu orçamento mensal, então precisará rever seus gastos.

Nesse sentido, anote todo o dinheiro que você recebe no mês e também todos os gastos que você tem. Comece pelas contas fixas, como aluguel, água, luz, telefone, etc.

Em seguida, avalie se alguma dessas contas pode ser cortada. Talvez você pague por um pacote caro de televisão sem necessidade, por exemplo.

Logo depois, confira as despesas variáveis, como aquele dinheiro gasto em lazer, roupas e delivery de comida. Por fim, tente reduzir ao máximo.

Agora, se você já revisou o seu orçamento e mesmo assim a grana está curta, você pode tentar conseguir uma renda extra. Confira algumas dicas sobre isso aqui.

Preço de celular 

Outra coisa que interfere muito na hora de economizar é o preço do celular. Muitas vezes, aparelhos com funcionalidades similares têm diferenças gigantescas de preço apenas por conta da marca.

É o que acontece com os celulares da Apple, por exemplo. Muito além do aparelho, o produto também tem embutido em seu preço o valor da marca, o que pode sair caro.

Por isso, faça uma boa pesquisa na internet sobre quais são os celulares baratos do momento. Isto é, quais são aqueles que oferecem um bom custo-benefício. 

No YouTube existem diversas resenhas de produtos, por exemplo. Inclusive, muitas delas comparam celulares de diferentes marcas e que possuem funcionalidades parecidas.

Celular mais caro do mundo

Para se ter ideia sobre a oscilação de preço, enquanto temos celulares de menos de R$500, outros podem chegar a mais de R$5.000.

O celular mais caro do mundo, no entanto, vai bem além disso. Estamos falando sobre itens de luxo, como o iPhone 4 Diamond Rose Edition. 

Ele possui uma moldura rosa e de ouro, com uma borda coberta com diamantes. Obra do designer Stuart Hughes, ele tem como característica diferente o botão home.

O único botão do aparelho tem uma base de platina adornada com alguns dos raríssimos diamantes rosa. Chiquérrimo não é mesmo?

E não para por aí: o celular também está disponível na versão com 14 libras do granito, aproximadamente. Esse modelo traz o diamante perfeito de 8k. 

Quanto custa essa brincadeira? Bom, nada menos que 8 milhões de dólares, aproximadamente. Você pagaria? rs.

Celular bom e barato

Se você está procurando por celulares baratos, vamos trazer algumas boas opções agora em 2021.

Geralmente, os aparelhos da Xiaomi são os que oferecem o melhor custo benefício. Mas também existem alternativas na Samsung, Motorola, LG, entre outras marcas.

Celulares baratos - Grão
Crédito: Pexels

Celulares de 500 reais

Caso você tenha R$500 disponíveis no seu orçamento para comprar um celular, terá que optar por aparelhos mais modestos.

Com a inflação e a alta do dólar, o preço dos celulares dispararam e hoje é difícil encontrar um modelo nessa faixa de preço. Ainda mais de marcas mais conceituadas como Samsung, LG ou Motorola.

Caso você utilize muitos aplicativos no celular, trabalhe com ele ou goste de tirar fotos, recomendamos que você junte dinheiro por mais tempo e compre um aparelho um pouco melhor. Se essa for a sua decisão, confira os aparelhos que vamos listar mais abaixo.

Agora, caso você só precise fazer ligações e utilizar o WhatsApp e o Facebook, algumas opções de celulares de 500 reais da Multilaser podem te atender:

Celulares baratos de até R$1.000

Ao aumentarmos um pouco o orçamento, chegamos em celulares de até R$1.000 e então conseguimos achar ótimas opções.

Aqui, já conseguimos listar aparelhos da Samsung, Motorola, LG e Xiaomi, por exemplo. São marcas que provavelmente não te deixarão na mão e atenderão às suas necessidades.

Confira algumas opções:

Onde comprar celular mais barato? 

Para comprar celulares baratos, é preciso pesquisar bem. Geralmente, as gigantes do varejo, como Americanas, Magazine Luiza, Casas Bahia, Ponto Frio e Amazon competem entre si.

Por isso, pesquise com cuidado e veja qual delas oferece o melhor preço para o aparelho que você pretende comprar.

Outra opção é o Mercado Livre, que geralmente oferece bons preços. Inclusive, ele tem a opção de procurar por celulares usados, o que pode ser uma ótima pedida para economizar.

Um bom jeito de fazer essa busca é através da Zoom, uma plataforma que compara preços e te mostra as oscilações deles nos últimos meses. Dessa forma, sem dúvidas você conseguirá economizar. 

Há ainda uma ferramenta de “alerta” no site, onde você coloca o aparelho que deseja comprar e a Zoom te avisa quando o preço baixar. Assim, você consegue aproveitar para comprar celulares em promoção.

Cuidado com golpes

Comprar celular barato é bom e todo mundo quer, porém, lembre-se: ninguém almoça de graça. Quando o desconto é demais, desconfie.

Tome cuidado para não cair em golpes ao tentar fazer um bom negócio. É normal haver diferença de preços, porém, dificilmente elas serão muito gritantes.

A melhor forma de evitar cair em golpes é comprando em lojas confiáveis e que ofereçam garantia. 

Caso deseje comprar em uma loja menor, certifique-se de que ela é segura conversando com pessoas que já efetuaram compra lá antes.

Celulares em promoção 

Comprar o smartphone em promoção é outra ótima forma de economizar. Por isso, fique sempre atenta a datas comemorativas que possam render ofertas.

Algumas lojas também oferecem preços especiais em seus aplicativos. É o caso da Americanas e da Magazine Luiza, por exemplo, que têm ofertas exclusivas para compras no App.

Confira também ofertas anunciadas em publicidade na televisão. Geralmente, elas são por tempo limitado.

Outra dica interessante é aproveitar os cupons de descontos dados pelas lojas. Muitas delas oferecem essas vantagens para a primeira compra, por exemplo, ou para compras via aplicativo.

Celulares baratos - Grão
Crédito: Pexels

Promoção de celular

Para conferir promoções de celular, procure sempre pela aba “ofertas” nos sites ou aplicativos. 

Mas não se esqueça de comparar o preço para ver se realmente está mais barato que nas outras lojas, ok? Muitas vezes é colocado o anúncio de oferta somente para chamar a atenção.

Veja alguns celulares na promoção nas lojas mais conhecidas:

Black Friday 

É claro que não podemos falar em promoção sem citá-la: a Black Friday. Essa temporada de promoções que acontece todos os anos em novembro é uma boa oportunidade para comprar celulares baratos.

Por isso, tente se planejar para comprar seu celular em novembro. Até lá, junte a quantia que julgue necessária para comprar um aparelho que atenda às suas necessidades.

As chances de você conseguir um bom desconto e economizar dessa forma são bastante altas. Mas, é claro, não se esqueça de comparar antes de comprar.

Conclusão

Como você pôde notar com esse texto, existem sim formas de comprar celulares baratos. Seja pesquisando bem, seja aproveitando promoções e cupons ou seja economizando.

O ideal é que você combine todas essas dicas. Dessa forma, conseguirá economizar ao máximo.

Porém, lembre-se: não adianta apenas comprar um celular barato. Você precisa comprar o celular com o melhor custo-benefício para você.

Não tenha pressa e pesquise bem na internet para saber qual aparelho não vai te deixar na mão. Boa sorte!

E se você quer melhorar suas finanças, conte com a Grão, a conta digital para guardar dinheiro. Todos os dias trazemos dicas de educação financeira nas nossas redes sociais: Instagram, Facebook e YouTube.

Por fim, baixe grátis o aplicativo Grão e comece agora a juntar dinheiro! Com o Pix, você transfere mais rápido e sem pagar nada. O app é gratuito e está disponível nas principais lojas de aplicativos Google Play ou App Store.

Leia também

Deixe seu comentário

Comece a poupar com a Grão