à vista ou parcelado - Grão

À Vista ou Parcelado: Como Escolher?

Você está prestes a fazer uma compra ou tem uma conta alta a pagar. É então que surge aquela dúvida: o que é melhor, à vista ou parcelado?

Há quem defenda pagar tudo que for possível à vista. Afinal, dessa forma você tem menos chances de se endividar. 

Por outro lado, para quem tem o dinheiro em mãos e é organizado financeiramente, tem quem defenda o parcelamento em casos de juros zerados ou relativamente baixos. 

Assim, você pode aplicar o seu dinheiro em um investimento e lucrar com isso ao mesmo tempo em que paga as parcelas.

Decisão complicada, não é mesmo? Mas, calma, separamos um compilado de informações que vão te ajudar a tirar suas próprias conclusões sobre esse assunto.

Vantagens de comprar à vista

Nessa decisão entre comprar parcelado ou à vista, o importante é ponderar cada uma das opções.

Nesse sentido, existem diversas vantagens em comprar algo à vista. Separamos algumas delas para você levar em consideração. Confira:

1. Facilidade no controle

Se você tem dificuldades em se organizar financeiramente e já teve problemas com endividamento, compre à vista.

Assim, você vai administrar apenas entradas e saídas de dinheiro dentro do mês. E não lançamentos futuros nos cartões de crédito, que podem te complicar. 

Dependendo de quantos cartões você tem e das datas de fechamento e vencimento, isso pode gerar confusão.

2. Comprometimento menor do futuro do orçamento

Ao pagar mais à vista e contar com os recursos do presente, você evita comprometer sua receita futura e os objetivos/necessidades que você ainda nem sabe que tem.

Pense, por exemplo, no hábito de muitas pessoas de se endividar no segundo semestre contando com o 13º salário em novembro e dezembro. Isso é péssimo para o seu planejamento.

3. Efeito animador incrível

Nada melhor do que dormir tranquilo, sabendo que as contas estão em dia. Além de prazeroso, pagar à vista é um hábito viciante.

Esse tipo de comportamento traz uma sensação de paz por conta do controle financeiro. E também de euforia, por conta do esforço, dedicação e paciência necessários para juntar o dinheiro e negociar a compra. 

à vista ou parcelado - Grão
Crédito: Creative Commons/ Filipe Castilhos/Sul21.com.br

4. Possíveis descontos

Hora de desmascarar um argumento tipicamente brasileiro sobre as compras parceladas.

Isso porque comprar com “juro zero”, pagando em parcelas iguais, não existe na matemática financeira elementar.

A verdade é que, quando um produto tem parcelamento sem juros, esses “juros” já estão embutidos no valor inicial dele. 

Não vamos entrar em detalhes, mas a explicação é simples. Nada pode custar a mesma coisa hoje e daqui 12 meses.

Afinal de contas, muita coisa pode acontecer neste período. E a mais óbvia delas chama-se inflação.

Portanto, não existe essa de mesmo valor à vista ou em 12 vezes sem juros. O preço à vista precisa ser negociado e deve ser menor. Isso caracteriza uma boa negociação. 

Peça descontos ao pagar à vista, pechinche. Você pode conseguir uma boa economia dessa maneira. 

Principalmente pagando em dinheiro. Já que dessa forma o lojista economiza em taxas de maquininhas de cartão.

Vantagens de comprar parcelado

Ok, ao contrário do que muita gente pensa, nem sempre a resposta para a pergunta “à vista ou parcelado”, é “à vista”. 

Comprar parcelado também tem as suas vantagens. Contanto que você tenha um controle, é claro. Algumas delas são:

1. Você pode investir o montante enquanto paga as parcelas

Muitas lojas não dão desconto à vista e o preço acaba sendo o mesmo nas compras em dinheiro ou parceladas no cartão de crédito.

Nesse caso, se o valor é o mesmo a prazo ou à vista, pode ser mais inteligente deixar o seu dinheiro investido. Assim, enquanto paga as parcelas, ele rende juros para você.

Mas, para isso, você precisa ter o dinheiro de antemão, certo? Então, antes de tudo, voltamos ao papo da organização financeira.

2. Poder comprar coisas que precisa sem ter todo o dinheiro em mãos

Não podemos negar que o cartão de crédito mudou a nossa vida do ponto de vista de “comprar fiado”.

Recomendamos sempre ter uma reserva de emergência, mas caso você precise comprar algo essencial e não tenha esse valor, o parcelamento te ajuda nisso.

Se você precisa de um carro para trabalhar, por exemplo, e a única forma de comprá-lo é fazendo um parcelamento, é preferível que você o faça.

Ao longo do tempo, o dinheiro que o seu trabalho com o carro vai te render compensa o financiamento.

Mas, importante: pague as parcelas em dia. Acumulá-las só fará com que os juros cresçam ainda mais e você se verá em uma bola de neve.

à vista ou parcelado - Grão
Crédito: Pexels

De olho na capacidade de pagamento

Um ponto muito importante a ser considerado na hora de decidir entre pagar à vista ou parcelado é a sua capacidade de pagamento.

Se você não tem dinheiro suficiente para comprar à vista e ainda manter a sua reserva de emergência, é melhor partir para o parcelamento.

Mas, na hora de parcelar, também considere a sua capacidade de cumprir com as parcelas. Tenha certeza de que elas cabem no seu orçamento mensal.

Além disso, não se esqueça de refletir sobre o tempo de parcelamento. Por quanto tempo você vai carregar essa dívida? Vão surgir outras contas no futuro que, juntas, afetarão o seu orçamento?

Fazer essa análise é fundamental para que você não assuma compromissos que não vai conseguir honrar, caindo em um endividamento no futuro.

E também para não acabar ficando sem dinheiro caso ocorra um imprevisto no futuro. O que também te colocaria em um endividamento ainda maior.

Para isso, a dica é: crie uma planilha de gastos e sempre consulte o seu orçamento antes de decidir entre parcelado ou à vista. 

Não se esqueça de que atrasos podem gerar mais juros e até a perda de posse do produto.

Pagar IPTU e IPVA à vista ou parcelado?

Os impostos de início de ano possuem diferentes regras para cada prefeitura e estado. Porém, na maioria dos casos, pagar à vista traz mais vantagens. E vamos te explicar o porquê.

A verdade é que muitas pessoas escolhem parcelar o IPTU e o IPVA porque não têm um planejamento financeiro adequado. 

Por conta disso, quando chega o começo do ano, elas não têm uma reserva suficiente para quitar esse pagamento no ato. 

No entanto, os descontos oferecidos para o pagamento desses impostos à vista, apesar de pequenos, são maiores que o rendimento da poupança ou qualquer outro investimento de renda fixa.

Ou seja, se você se antecipar em um ano e juntar dinheiro para pagar quitar os impostos do ano seguinte no ano, acabará pagando um pouco menos.

Use o tempo a seu favor

No final das contas, ao criar esse planejamento de guardar dinheiro antecipadamente, você estaria “pagando mensalmente” da mesma forma. 

Porém, nesse caso, os juros trabalham a seu favor, e não contra você. E se você colocar esse dinheiro em investimentos com rentabilidade superior à poupança, ele vai gerar ainda mais frutos. 

Apenas não se esqueça de observar o fator liquidez no investimento escolhido, ok? Caso contrário, você pode ter problemas em resgatar o dinheiro no momento necessário.

Além disso, nada de pagar à vista se para isso você tiver que raspar todas as suas economias. Ter uma reserva de emergência é essencial.

Se você não tiver dinheiro para fazer o pagamento à vista sem complicar suas finanças, opte pelo parcelamento.

O IPVA pode ser parcelado em até três vezes. Já o IPTU te dá ainda mais tempo: você pode pagar em até 10 mensalidades ao longo do ano.

É melhor pagar à vista se…

  • Você tem o dinheiro para fazer isso sem comprometer a reserva de emergência;
  • A taxa de juros do parcelamento for muito alta;
  • Você tem desconto pagando no ato;
  • Você tem dificuldades em se organizar financeiramente (mas lembre-se de avaliar também o primeiro ponto dessa lista);
  • O tempo de parcelamento vai comprometer o seu orçamento mensal no futuro quando novas contas chegarem.
à vista ou parcelado - Grão
Crédito: Pexels

É melhor parcelar se..

  • Não existem descontos no pagamento à vista e o parcelamento é sem juros;
  • Você tem o dinheiro em mãos e a rentabilidade que pode ganhar deixando-o investido é maior do que o juros de pagar parcelado;
  • Você precisa muito fazer essa compra e não tem todo o dinheiro em mãos;
  • Comprar à vista acaba comprometendo a sua reserva de emergência.

Conclusão para escolher: à vista ou parcelado

Ufa, muitos pontos a serem considerados sobre o que é melhor, pagar à vista ou parcelado, certo? A verdade é que essa decisão pode variar muito de pessoa para pessoa. 

Por isso, o ideal, sempre, é conhecer os seus hábitos de pagamento, a sua capacidade financeira e as suas necessidades.

Ser um consumidor consciente é sempre pensar antes de fazer uma compra. Tanto para avaliar se ela é realmente necessária, quanto para buscar a melhor alternativa para fazê-la.

Deste modo, maximizamos nossas escolhas e ganhamos liberdade para focarmos em nosso planejamento financeiro.

E se você quer melhorar suas finanças, conte com a Grão. Todos os dias trazemos dicas financeiras nas nossas redes sociais: Instagram, Facebook e YouTube.

Por fim, baixe grátis o aplicativo Grão e comece agora a juntar dinheiro! O app é gratuito e está disponível nas principais lojas de aplicativos Google Play ou App Store.

Leia também

3 comentários

  • Responder

    […] ponto é importante porque o carro é um bem com alto valor. Assim, fazer o pagamento à vista ou oferecer uma boa entrada é sinônimo de bons negócios. É possível economizar bastante agindo […]

  • Responder

    […] mínimo para poder dar entrada e financiar a moto. Isso caso não tenha dinheiro suficiente para o pagamento à vista negociando um bom desconto […]

  • Responder

    […] costuma comprar ração pronta? Costuma pesquisar preços, marcas e […]

Deixe seu comentário

Comece a poupar com a Grão