Todo talento vale dinheiro na crise: foco na renda extra

Todo talento vale dinheiro na crise: foco na renda extra

Não desanime! A situação é complicada e desafiadora, mas juntos somos mais fortes.

E vamos atravessar este momento, pode apostar. Agora é hora de afastar o pessimismo e agir de acordo com o que podemos realmente fazer.

Quando o assunto é dinheiro para fechar as contas, dois aspectos devem ser observados (e trabalhados):

  • Orçamento familiar. Você deve ser capaz de reduzir ao máximo suas despesas fixas (aquelas que estão presentes todo mês) e abrir mão, ainda que temporariamente, da maior parte das despesas variáveis (gastos esporádicos e/ou que variam muito);
  • Renda extra. Você deve ser capaz de buscar novas alternativas de geração de receita para incrementar a renda total da família, o que significa trabalhar mais (é temporário, lembre-se) e usar a criatividade para tentar vender seus serviços e novos produtos.

Pense que se você conseguir “enxugar” seu padrão de vida, para assim viver com menos recursos, e ainda encontrar uma forma de colocar mais dinheiro em casa, atravessar este momento vai ser mais fácil.

Em outros textos aqui mesmo de nosso blog, tratamos de planejamento financeiro e dicas para organizar as finanças e reduzir suas despesas. Criamos inclusive uma planilha gratuita de controle financeiro. Hoje vamos conversar um pouco melhor sobre renda extra.

Renda extra: use seu talento e sua criatividade

Nossa missão hoje com este texto é motivar você a buscar alternativas de renda extra capazes de ajudar você neste momento tão diferente. Pense com carinho na pergunta: o que você sabe fazer tão bem a ponto de outra pessoa pagá-lo por isso?

 Prestar serviços

Se você já é autônomo, por exemplo, pode experimentar novas atividades e aproveitar seus talentos em outras áreas. Serviços como costura, trabalhos pessoais (faxina, limpeza etc.), artesanato, produção gráfica, serviços digitais, entre outros, podem ser explorados.

Que tal produzir e vender máscaras de pano, por exemplo? Em muitas cidades, este tipo de atividade tem ajudado milhares de brasileiros a se proteger do vírus, ao mesmo tempo em que contribuem para a renda extra de outras pessoas.

Estes e outros serviços podem ser anunciados nas redes sociais e em sites específicos, o que pode aumentar suas chances de ser chamado para o trabalho. Além disso, usar de forma inteligente sua rede de contatos no Whatsapp ou mesmo no bairro onde mora pode fazer muita diferença.

Leia também: Kit de sobrevivência financeira na Pandemia: Podcast e planilha gratuita

Preparar refeições

E cozinhar para fora, as famosas quentinhas? Os aplicativos de comida estão “bombando”, afinal muitas pessoas não estão saindo de casa, conforme orientação das autoridades. Os entregadores, heróis anônimos que merecem nossos agradecimentos, levam para lá e para cá a comida do dia a dia.

A busca por refeições rápidas, quentinhas por exemplo, aumentou e isso não tem relação apenas com os aplicativos de entrega. Mesmo nos bairros e comunidades, quem oferecer esta comodidade terá um diferencial e pode faturar uma renda extra.

Se você quiser se cadastrar nos aplicativos de entrega, será necessário abrir um CNPJ, pelo menos como Microempreendedor Individual (MEI). Também é preciso se adequar às regras da vigilância no preparo dos alimentos.

Vender o que não usa mais

Outra sugestão prática é desapegar. Uma ótima fonte de renda extra está dentro de sua própria casa. Ok, pode ser que você não tenha tanta coisa assim para vender, mas sempre existe algo que pode ser temporariamente separado de você e sua família.

Em alguns casos, o carro ou a moto podem dar lugar a uma tranquilidade financeira suficiente para atravessar este momento mais difícil. Vender, comprar um modelo mais barato e guardar a diferença também faz sentido.

Roupas, itens de decoração, móveis, vale tudo. A hora é de ser inteligente e compreender que certos sacrifícios neste momento podem render uma retomada mais rápida e menos dolorosa depois que a pandemia for controlada.

Considere também vender itens de uso pessoal e que podem ser substituídos por versões mais baratas e simples. O celular talvez possa dar lugar a um modelo usado mais lento, mas mais barato – e a diferença você guarda.

Leia tambem: Como economizar em casa para conseguir ter e guardar dinheiro

Renda extra: auxílio emergencial, ou coronavoucher

 Você talvez se enquadre no perfil dos brasileiros que podem solicitar a renda extra do auxílio emergencial oferecido pelo governo, o coronavoucher. A Caixa lançou um site para que pessoas que se enquadram no benefício solicitem o auxílio. Acesse em auxilio.caixa.gov.br/

Um aplicativo de celular também está disponível para download para celulares Apple e para aparelhos com Android. O benefício, pago por três meses, será de R$ 600 a trabalhadores informais e de R$ 1.200 para mães responsáveis pelo sustento da família.

De acordo com o programa, podem solicitar o auxílio: trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e intermitentes sem emprego fixo, que não estejam recebendo benefício previdenciário ou seguro-desemprego

De forma gera, são três grupos principais com direito: beneficiários do Bolsa Família, autônomos e informais que estão no CadÚnico e autônomos e informais que não estão no CadÚnico.

Atente para a renda máxima exigida para fazer parte do grupo que pode solicitar o coronavoucher: até R$ 522,50 por pessoa na família ou até R$ 3.135 por grupo familiar. Em 2018, renda tributável anual de até R$ 28.559,70.

{{cta(‘f63f9b3e-d28f-4f0c-9b8f-4d8857f43e7d’,’justifycenter’)}}

 Guarde sua renda extra na Grão!

A equipe da Grão está ao seu lado para ajudar você a atravessar este momento e também na missão de conseguir (e guardar) renda extra. Em todos estes dias complicados, estaremos aqui com conteúdos exclusivos para mudar sua vida.

Todos os dias você vai encontrar dicas, sugestões, artigos, ferramentas e muita informação de qualidade em todos os nossos canais de mídia e redes sociais, então siga-nos no Instagram, Facebook e Youtube.

Ah, além de ser o seu porquinho digital para guardar parte da sua renda extra, você agora também pode realizar pagamento de boletos e recargas. Agora, você paga pela Grão!

Imagem de Jukka Niittymaa.

Leia também

Deixe seu comentário

Comece a poupar com a Grão