Serasa e SPC - Conheça as Diferenças - Grão

Serasa, SPC e SCPC: Qual a Diferença?

Saiba tudo sobre as principais diferenças e benefícios entre Serasa e SPC.

Você é do time que se sai correndo ao ouvir Serasa e SPC? Ou está entre os que nem se importam porque estão com as contas em dia?

Fique tranquilo, isso não é uma enquete. Este texto foi criado para mostrar quais as diferenças entre Serasa, SPC e SCPC. Ou você acha que é a mesma coisa?

Além disso, vamos mostrar para você:

  • Como a Serasa funciona e os serviços que ela oferece.
  • O funcionamento do SPC e suas características.
  • O SCPC, serviços e consultas.

E muito mais!

Serasa, SPC e SCPC: conheça as principais diferenças

Conforme veremos abaixo, cada uma das três empresas têm um foco específico. Mas, em linhas gerais, elas são birôs de crédito.

Ou seja, são companhias que disponibilizam informações sobre o comportamento de crédito dos consumidores para outras empresas. Só para exemplificar, podem compartilhar esses dados com bancos, lojas e financeiras, por exemplo.

As principais diferenças são:

  • Origem

Enquanto a Serasa tem origem na necessidade dos banco, SPC e SCPC foram criados por demanda do comércio. Porém, atualmente as três possuem informações de crédito de diversas fontes.

Por exemplo, os birôs de crédito utilizam informações de cartórios e do Cadastro de Cheque sem Fundo do Banco Central. Conforme aumentam a fonte dos dados, oferecem soluções mais precisas para o mercado de crédito.

  • Serviços oferecidos

Por mais que os três birôs ofereçam informações sobre CPF, a forma como isso é feito é diferente. Enquanto SPC mostra apenas a consulta paga ao CPF, Serasa e SCPC possuem Score e monitoramento do nome.

Esse monitoramento é pago e se chama Serasa Premium em uma, e Radar Pessoal na outra.

  • Cálculo do Score

O Score é uma diferença, porque cada uma das empresas faz um cálculo distinto com as informações que possui. Assim, a pontuação final é diferente em cada birô.

  • Custo dos serviços

Essa é uma diferença fundamental. Enquanto Serasa e SCPC oferecem a consulta grátis ao CPF, o SPC cobra pelo serviço.

Como funciona a Serasa?

A Serasa é uma empresa brasileira criada em 1968, por iniciativa dos bancos, para padronizar e fornecer informações de crédito. Desde que o grupo irlandês Experian comprou a companhia, em 2007, ela passou a se chamar Serasa Experian.

Com a finalidade de atender às empresas, a Serasa fornece dados para consulta de CPF e CNPJ. Além disso, ela também possui soluções de crédito para analisar o risco de inadimplência.

Em outras palavras, a Serasa informa bancos e lojas sobre as chances de um consumidor pagar ou não uma conta.

Por outro lado, a Serasa também oferece serviços para os consumidores (pessoas físicas), como:

  • Limpa Nome: plataforma online de negociação de dívidas com desconto. Os clientes podem quitar contas em atraso, dívidas negativadas e até mesmo conseguem negociar dívidas caducas.
  • Score: pontuação que vai de zero a mil. Conforme a pontuação, é possível saber a chance de uma pessoa deixar de pagar uma conta nos próximos meses. Saiba como aumentar o seu score na Serasa.
  • eCred: plataforma de busca e eventual comparação de crédito.
  • Premium: antigo Serasa Antifraude. O Premium é um serviço de assinatura para ter acesso a mais dados financeiros. Por exemplo, você pode ser notificado sempre que qualquer empresa consultar seu CPF.

Antes que eu me esqueça, a consulta ao Serasa Score é grátis e pode ser feita online.

Como funciona o SPC?

Assim como a Serasa, o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) também informações relativas a pagamentos.

No entanto, a origem dele é um pouco diferente. O SPC foi criado, em 1955, por iniciativa dos lojistas e da Associação Comercial de São Paulo.

Porém também tem a missão de centralizar os dados de crédito e registros de inadimplência, só que no comércio.

Nesse sentido, o banco de dados do SPC é constituído pelas Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDL) de todo o país. Ou seja, são informações geradas por mais de 2.200 entidades espalhadas por todas as capitais e principais cidades brasileiras.

Da mesma forma que a Serasa, SPC também oferece soluções para que as empresas avaliem seus clientes. Ou seja, compara hábitos e histórico de pagamentos para avaliar se um consumidor é bom pagador.

E também igual à Serasa, o SPC tem serviços tanto para empresas de todos os portes, como para pessoas físicas. É o SPC Consumidor.

Porém, ao contrário da Serasa, o acesso às informações para o consumidor é pago. A consulta ao CPF próprio custa R$ 9,90. Já a consulta ao CPF de terceiros sai por R$ 16,90.

É possível que todas essas semelhanças tenham criado a confusão. E por isso, muita gente acredite que Serasa e SPC são uma coisa só. Mas agora você já sabe que são duas empresas diferentes.

SPC e Serasa é a mesma coisa? São órgãos públicos?

Embora essa seja uma percepção comum, ela está enganada. No Brasil, o serviço de proteção ao crédito é prestado por empresas da iniciativa privada.

Conforme dissemos anteriormente, o SPC existe desde 1955 e a Serasa desde 1968. A primeira por iniciativa do comércio e a segunda por vontade dos bancos.

Dessa forma, nenhuma das duas empresas é (nem tem relação) com órgãos governamentais.

Como funciona a SCPC?

Para completar o trio, existe o SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), que é administrado pela Boa Vista Serviços. Por isso, o nome correto da empresa é Boa Vista SCPC.

Assim como as duas anteriores, o SCPC é um banco de dados que reúne informações sobre o mercado de crédito.

Desse modo, a empresa busca contribuir para o desenvolvimento da atividade de crédito no Brasil. De forma que a relação de consumo seja mais equilibrada entre companhias e clientes.

Igualmente à Serasa, o SCPC oferece a consulta gratuita ao CPF. Basta acessar o site do Consumidor Positivo. Lá você:

  • Consulta o CPF.
  • Fica informado sobre o seu Cadastro Positivo.
  • Confere o Score: neste caso a pontuação é diferente da Serasa.
  • Contrata o Radar Pessoal: serviço que monitora e informa sobre alterações no CPF.
  • E ainda pode emitir um comunicado em caso de perda ou roubo de documentos.

Bancos consultam Serasa ou SPC?

Em resumo, os bancos podem consultar qualquer uma das duas empresas, as duas ou até mesmo nenhuma.

Provavelmente essa resposta não foi exatamente a que você esperava, já que não foi direta. Mas ela é a realidade.

Um banco pode fazer a consulta de um consumidor em todos os birôs de crédito para ter mais segurança. Porém, como cada consulta é paga, eventualmente o banco pode utilizar apenas uma empresa.

Nesse sentido, é comum a consulta ao Serasa, por ser um banco de dados mais amplo. Mas também é possível que o banco decida usar apenas os dados internos para fazer a análise de crédito.

Por exemplo, se a política de crédito exige um tempo de relacionamento com o banco, isso pode inviabilizar um financiamento. Assim, nem é necessário consultar o CPF do cliente nos birôs de crédito.

O que é birô de serviços?

Os birôs de crédito são empresas que reúnem dados sobre inadimplência, risco de calote e capacidade de pagamento. Aqui no Brasil, os principais birôs são Serasa e SPC, além do Boa Vista SCPC.

Conclusão: diferentes, porém semelhantes

Em resumo, Serasa e SPC são coisas diferentes, assim como SCPC. No entanto, as três empresas prestam um serviço semelhante em relação ao mercado de crédito.

Com toda a certeza, ninguém quer ter o nome negativado e registrado na Serasa, SPC e SCPC. Por isso, é necessário ter uma vida financeira saudável, pagar as contas em dia e ter uma reserva de emergência. 

Além disso, você pode abrir uma conta digital grátis com cartão de débito. Para mais dicas sobre como cuidar do seu dinheiro, siga a Grão nas redes sociais: Instagram, Facebook e Youtube.

Baixe grátis o aplicativo Grão e comece agora a juntar dinheiro! Disponível nas lojas de aplicativos Google Play ou App Store.

Outras dúvidas

O que é política de crédito?

São as regras que definem se um cliente terá o pedido de crédito negado ou aprovado. Quando uma pessoa solicita um cartão de crédito, um empréstimo ou financiamento, ela é avaliada. E cada banco ou financeira tem a própria política de crédito. Entre as regras podem estar a renda, o nível de endividamento, a quantidade de parcelas, por exemplo. A política de crédito pode ser mais liberal e até mesmo aprovar crédito para pessoas inadimplentes. Por outro lado, pode ser mais rigorosa e solicitar muitos documentos e garantias para diminuir o risco de inadimplência. É importante ter em mente que as taxas de juros também variam conforme a política de crédito de cada empresa.

Onde consultar Serasa e SPC?

Para que você consulte o próprio CPF e Score na Serasa, basta acessar o site da empresa. Em seguida, terá que informar seu CPF e senha. Caso seja a primeira visita, você precisará fazer um cadastro gratuito. Por outro lado, no SPC, a consulta ao CPF é paga. Assim, é necessário comprar um pacote de créditos no site do SPC Brasil. Além das duas, você também pode consultar grátis seu CPF na Boa Vista SCPC.

Leia também

Deixe seu comentário

Comece a poupar com a Grão