Websérie: Aprenda a organizar a sua vida financeira em 7 dias. Acesse aqui

3 Motivos para não guardar dinheiro na caderneta de poupança

#guardar dinheiro por Equipe Grão - 31 de Maio de 2020 - tempo estimado de leitura:

Talvez a aplicação mais popular do Brasil, a caderneta de poupança é um investimento de baixo risco controlado pelo governo federal. O dinheiro ali captado acaba sendo usado para financiar programas do Sistema Financeiro de Habitação, por exemplo.

 As instituições financeiras oferecem aos seus clientes a chamada conta poupança, sempre isenta de tarifas e com mesma rentabilidade, independente da escolha do banco – isso tudo é garantido por lei federal.

 Cabe registrar que a caderneta de poupança data de 1861, mesmo ano em que Dom Pedro II criou a Caixa Econômica Federal. Tão antiga quanto a nossa República, a poupança tem muita história pra contar, mas não é um investimento tão atraente quanto já foi.

Nova call to action

Caderneta de poupança: 3 motivos para não guardar dinheiro nela

 Agora que você já conhece um pouco da história da caderneta de poupança, vamos conversar sobre as razões para preferir nosso porquinho digital e deixar de lado a poupança como aplicação.

Leia também: Casa própria vale a pena? É mesmo um investimento?

 Motivo 1: Poupança rende pouco

 Atualmente, o retorno da poupança está associado à Taxa Selic, conhecida como taxa básica da economia (ou taxa de juros) e à Taxa Referencial, ou apenas TR, que é calculada diariamente pelo Banco Central.

 Hoje, se a Selic cai, a rentabilidade da poupança também cai. Se a Selic sobe, o retorno da caderneta sobe. Nem sempre foi assim. A regra que mudou isso veio em maio de 2012 e quem ainda tem dinheiro na poupança guardado antes desta data, tem outra rentabilidade. Entenda:

Até maio de 2012, a poupança rendia 0,5% mais TR, ao mês. Hoje convencionou-se chamar esta aplicação de “velha poupança”. Seu retorno é excelente, mas você não consegue guardar dinheiro nela (só se tiver dinheiro guardado antes de maio de 2012);

  • Desde o dia 4 de maio de 2012, portanto, o cálculo da rentabilidade da poupança mudou: a) Se a Selic estiver acima de 8,5% ao ano, a poupança rende 0,5% sobre o valor depositado + TR, ao mês; b) Se a Selic estiver igual ou abaixo de 8,5% ao ano, a poupança rende 70% da Selic + TR, ao mês.

 Mas de onde vem essa Taxa Selic, então? Ela é decidida pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central, ou simplesmente Copom, a cada 45 dias. Em maio de 2020, ela ficou em 3% ao ano.

 Com a Selic neste patamar, a caderneta de poupança rende 0,17% ao mês, ou 2,1% ao ano. Na Grão, seu dinheiro rende 2,58% ao ano.

BAIXE AQUI SUA PLANILHA FINANCEIRA

 Motivo 2: Poupança só rende quando o dinheiro faz aniversário

 A partir do momento em que você guarda dinheiro na poupança, aquele montante e o dia da aplicação passam a andar juntos para efeitos de rentabilidade. Os juros sobre o dinheiro que você aplicou só são adicionados depois de 30 dias do dinheiro guardado na caderneta.

 Na prática, seu dinheiro só rende alguma coisa depois de 30 dias. No porquinho digital da Grão, a rentabilidade ocorre todo dia útil, uma vez que o seu dinheiro guardado está em títulos públicos de baixa volatilidade.

 Além de render mais que a poupança, o porquinho digital oferece uma experiência mais rica de educação financeira: a rentabilidade diária permite que você veja o seu saldo crescer, o que o motiva ainda mais seguir juntando dinheiro.

Leia também: O oposto de guardar não é gastar: educação financeira é muito mais que isso!

 Motivo 3: Poupança deixa você “perto demais” do dinheiro

 Para muitos brasileiros, a conta poupança é praticamente uma extensão da conta corrente. Isso porque o acesso, a operação e os saques costumam ser feitos com o mesmo cartão e nos mesmos terminais.

 Uma passadinha no banco e você pode sacar dinheiro da poupança, o que é legal pelo lado da liquidez e facilidade, mas pode ser ruim se você ainda não solidificou o hábito de guardar dinheiro para alcançar um objetivo.

 O dinheiro é seu e você faz o que bem entender com ele, é claro, mas para criar o hábito de juntar dinheiro é fundamental que você use todas as formas possíveis de evitar cair em tentações, não concorda?

 Quando você separa o dinheiro para guardar e o coloca no seu porquinho digital da Grão, você também pode acessá-lo a qualquer momento. A transferência de volta para sua conta leva até um dia útil e você solicita no App. Liquidez diária, mas com um pouco mais de educação financeira.

 Não se trata de dificultar nada, por isso no enunciado da dica o “perto demais”, assim entre aspas. Na poupança, você pode sacar a qualquer momento e pode fazer isso porque viu alguma tentação de consumo.

No porquinho digital, a ideia é que você pense um pouco melhor sobre sua decisão antes de simplesmente colocar as mãos no dinheiro. Queremos que você consiga guardar dinheiro para usá-lo, mas para realizar seu objetivo, não com bobagens ou de forma desorganizada.

Nova call to action 

Poupança que nada, #boraguardar na Grão!

 A equipe da Grão está ao seu lado para que você aprenda tudo sobre como começar a guardar, mas com mais rentabilidade e segurança. A poupança é popular, mas aqui você consegue chegar mais rápido no seu objetivo.

 Todos os dias você vai encontrar dicas, sugestões, artigos, ferramentas e muita informação de qualidade em todos os nossos canais de mídia e redes sociais, então siga-nos no Instagram, Facebook e Youtube.

Comece agora mesmo a guardar dinheiro no seu porquinho digital e aproveite que também oferecemos pagamento de contas e recarga direto do nosso App. Educação financeira na prática? Vem pra Grão!

Comentários:

Vídeos

Como começar a sua reserva de emergência mesmo na pandemia?

Como começar a sua reserva de emergência mesmo na pandemia?

Como devo usar minha reserva de emergência?

Como devo usar minha reserva de emergência?

Comece a poupar com a Grão

Guia rápido: Como cortar gastos e organizar as contas agora
Nova call to action
DESAFIO CONTROLE DE GASTOS