Como guardar dinheiro ganhando pouco

Como guardar dinheiro ganhando pouco

Veja como é possível guardar dinheiro ganhando pouco. Sim, você também vai conseguir colocar em prática dicas simples e úteis!

Quanto você acha que precisa ganhar para começar a guardar dinheiro? Hoje você vai aprender como guardar dinheiro ganhando pouco.

Como guardar dinheiro ganhando pouco: apenas comece!

Para conseguir construir sua reserva financeira, você já sabe que precisa começar. A dúvida sobre como dar os primeiros passos para começar a guardar dinheiro costuma estar associada a outras duas questões. Quanto juntar? Existe um momento ideal para começar?

São dois os pensamentos frequentes quando o assunto é juntar dinheiro:

  • “Quando sobrar dinheiro, começarei a guardar”;
  • “Quando eu alcançar um salário melhor, passarei a guardar dinheiro”.

Essas formas de pensar são perigosas porque colocam sua decisão de guardar dinheiro como algo que depende de outros fatores. Começar a guardar dinheiro e poupar são escolhas, não consequências.

O que fazer, então? Como guardar dinheiro ganhando pouco? Guardando pouco. De grão em grão. Com disciplina, persistência e muita paciência. Ou seja, basta começar agora, com o que você pode juntar no momento. Não importa se R$ 1, R$ 50 ou R$ 100,00.

Depois do primeiro passo, vem a necessidade de associar sua escolha de guardar dinheiro a objetivos importantes para você:

  • Como o dinheiro pode ajudar você em sua vida?
  • O que você quer comprar e ainda não conseguiu?
  • Que tal começar a construir sua reserva de emergência?

Seu dinheiro pode ser uma ferramenta para mais qualidade de vida e realização de sonhos. Mas para isso é fundamental transformá-lo em uma prioridade e manter um bom controle financeiro pessoal.

Como guardar dinheiro ganhando pouco: controle financeiro

Aqui na Grão, conhecemos muitas pessoas  que conseguiram sair do endividamento para o investimento com um bom controle financeiro. E – claro – com mudanças de atitude.

Não pense que estamos falando de algo complicado. O bom controle financeiro é o cuidado com o dinheiro que você ganha. Na prática, você deve pensar em três ações que talvez hoje não existem em sua vida: 1) anotar como você gasta seu dinheiro; 2) definir limites para seus gastos; e 3) guardar dinheiro mesmo que seja pouco.

Anotar como você gasta seu dinheiro

Pode ser em um caderno, em uma planilha de controle financeiro, ou no nosso App da Grão. Experimente o Organizador Financeiro lá dentro! O importante é associar os gastos do dia a dia e suas despesas (fixas e variáveis) a categorias que você reconheça. Alguns exemplos de categorias são:

  • Alimentação
  • Transporte
  • Moradia
  • Lazer
  • Filhos e Família
  • Cuidados pessoais
  • Pet
  • Viagem

Mas você pode – e deve – ser ainda mais específico se quiser. Quanto mais os nomes dos gastos representarem o que você fez com o dinheiro, melhor.

Definir limites para seus gastos

Seu objetivo na primeira fase (acima) foi conhecer melhor seu padrão de vida e para onde tem ido seu dinheiro. Considere o resultado desta mudança como a “fotografia da sua vida financeira”. Agora vamos tratar de deixar você “bem na foto”.

À medida em que você conhece melhor seus hábitos de consumo e de gastos, estabeleça regras para o orçamento familiar. O primeiro passo é definir  um limite para suas cinco principais despesas variáveis.

O momento de incerteza não colabora, mas é importante organizar suas finanças mesmo assim. Os limites são fundamentais para evitar que você gaste mais do que pode. E, assim, crie uma maneira de também poupar e guardar dinheiro.

Guardar dinheiro mesmo que seja pouco

O segredo no cuidado com as finanças pessoais é que não existe segredo. Do controle financeiro, você passa a definir metas de gastos do orçamento. E, com isso, economiza e passa a se permitir outras experiências, como a de juntar dinheiro. Nada disso é novidade. Tudo isso acontece fruto de escolhas.

Guardar dinheiro não requer conhecimento específico. Você não precisa ser especialista. Nem tampouco quantia ideal. Você não precisa ser rico para começar. Guardar dinheiro exige compromisso com os itens detalhados acima. Pois ao guardar, você terá que lidar com mais cuidado com o dia a dia financeiro.

Guarde o que você pode. Agora. Não importa se estamos falando de R$ 5 ou R$ 500,00. Cuidado para não se prender  na armadilha do “qual é o melhor investimento?”. Muita gente deixa de investir porque não sabe onde aplicar – e depois gasta o dinheiro e fica sem guardar.

Confira também nosso vídeo e aprenda a guardar dinheiro ganhando pouco:

#boraguardar na Grão

A equipe Grão está aqui para te ajudar a guardar dinheiro mesmo que você ainda não tenha percebido que isso é possível. Agora você já sabe que não precisa de muito dinheiro para começar, certo?

Todos os dias você vai encontrar dicas, sugestões, artigos, ferramentas e muita informação de qualidade nas nossas redes sociais. Então siga-nos no Instagram, Facebook e Youtube.

Nós nos preocupamos com o hábito, então é hora de abrir sua conta na Grão e começar. Não espere sobrar ou pense que juntar dinheiro só faz sentido quando você ganha mais. Baixe nosso App e experimente a jornada de educação financeira que preparamos para você.

App Grão é gratuito e está disponível para celulares Android e iOS (Apple).

Vem pra Grão!

Foto de Andrea Piacquadio no Pexels

Leia também

2 comentários

  • Responder

    […] é justamente ver o dinheiro crescer ao longo do tempo. Isso vale para diversas modalidades de investimento, incluindo os títulos públicos. Melhor ainda se você seguir a estratégia da Grão, que ajuda de […]

  • Responder

    […] mito da alimentação equilibrada envolver mais dinheiro nos faz esquecer que temos responsabilidade total nas escolhas diárias. Comer melhor está […]

Deixe seu comentário

Comece a poupar com a Grão