Como se preparar para as contas de início do ano?

Como se preparar para as contas de início do ano?

Prepare-se melhor para as contas de início de ano e ajuste seu orçamento para não ter surpresas quando este momento chegar.

As contas de início do ano são tão clássicas quanto se vestir de branco na noite do dia 31 de dezembro.

Te perguntamos: se você já sabe que precisará arcar com as contas de início do ano, por que não começa a se preparar antes? Em vez de começar o ano atrapalhado, sem conseguir fechar a conta, não seria ótimo entrar em janeiro com o pé direito e a cabeça tranquila?

A primeira coisa a fazer é ter na ponta do lápis quais são as despesas e quanto elas pesarão no seu bolso. De cara, considere o IPTU. Se você tem carro, registre IPVA e seguro obrigatório. Quem tem filhos, incluir gastos com escola (matrícula, mensalidade, material escolar e uniforme).

Considere, também, que o período que vai de dezembro a março é tradicionalmente de despesas maiores, por conta dos gastos com as festas de fim de ano e com as férias. A partir desse levantamento básico, já dá para traçar um plano.

Contas de início do ano? Controle o seu lado consumista

Ao se preparar para as festas de fim de ano, pense possibilidade de dividir mais os custos das ceias com familiares e amigos que passarão as datas com você. E, principalmente, não se endivide. Simplifique os presentes. O que puder comprar à vista (e ganhar desconto), tanto melhor. Um desafio: segurar o cartão de crédito.

Mas não é só no fim de ano que há muitas tentações para quem é consumista ou não resiste a uma boa promoção. Janeiro abre a temporada das liquidações pós-Natal. Alguns descontos podem ser bem atraentes, mas procure pensar duas vezes antes de entrar na loja e comprar: você precisa mesmo de uma TV maior? Ou daquele celular novo?

Use uma parte do 13º salário para as contas de início do ano

Esse dinheiro extra, que entra nos dias 1 e 20 de dezembro, pode lhe trazer uma satisfação que vai além de compras e presentes de Natal. Claro que é importante proporcionar às pessoas queridas e a si mesmo alguns mimos. Mas, ao separar um valor desse total para começar o ano de um jeito mais organizado, também é se dar um prêmio.
O mesmo vale para a restituição do Imposto de Renda ou as Férias.

Faça o exercício de poupar um pouco por mês

Pensando nesse objetivo específico, quanto antes você se dispuser a poupar, melhor. Desenvolver o hábito de guardar o dinheiro que sobra, em vez de deixa-lo voar sem perceber, é sempre um ganho na vida. Ainda que, dessa vez, o tempo seja curto.

Experimente depositar o que sobra, mesmo que seja pouco, em um investimento de baixo risco e liquidez diária, para que você possa sacar quando precisar. Com certeza, essa prática vai tornar o próximo janeiro, e tantos que virão, muito mais tranquilo.

Equipe Diin

Leia também

Deixe seu comentário

Comece a poupar com a Grão