Economizar Energia - Grão

Como Economizar Energia? 10 Dicas Práticas

A energia elétrica não faz parte da Declaração Universal dos Direitos Humanos, mas bem que poderia. Com toda certeza, você está lendo esse texto em um aparelho que precisa de energia. E sem dúvida, se chegou até aqui, é porque está em busca de maneiras de economizar energia elétrica.

Contudo, antes de apresentar a lista com as 10 dicas práticas, vamos mostrar:

  • Como economizar energia.
  • Os aparelhos que mais consomem e como diminuir a conta de luz.
  • Qual o melhor horário para poupar energia?

E muito mais!

Como economizar energia elétrica

Reduzir a conta de luz é uma das primeiras sugestões dos educadores financeiros para você controlar o orçamento. Uma vez que a energia elétrica é uma conta fixa (que chega todos os meses), mas que tem valor variável.

Ou seja, você só paga o quanto de fato consumiu. Dessa forma, basta reduzir o consumo da energia elétrica residencial, para sentir a diferença no bolso.

Além disso, economizando energia, principalmente no verão, você colabora para o meio ambiente se recuperar. Já que grande parte da energia elétrica produzida no Brasil vem das hidrelétricas.

Sem dúvida existem diversas formas de poupar energia. E não precisa pensar em trocar todas as lâmpadas da casa ou todos os eletrodomésticos.

Em seguida, veremos alguns aparelhos que consomem mais energia e algumas dicas para economizar mesmo com eles em casa.

Aparelhos para economizar energia

Ar-condicionado

O grande vilão da conta de luz. Muita gente não tem esse aparelho justamente porque ele aumenta muito o gasto com energia elétrica residencial.

Em algumas cidades, a temperatura é muito alta e as famílias priorizam o conforto. No entanto, é importante deixar claro que o ar-condicionado pode representar até um terço do consumo de energia.

O primeiro cuidado é evitar o resfriamento excessivo e sempre desligar o aparelho quando o cômodo estiver vazio. Outra dica fundamental é manter os filtros sempre limpos. Já que o filtro sujo faz com que o temporizador seja acionado com maior frequência para manter a temperatura.

Chuveiro

Em segundo lugar na lista dos aparelhos que mais gastam energia está o chuveiro elétrico. E este é bem mais comum nas casas brasileiras. Para economizar energia no banho, são duas dicas essenciais:

  1. Reduzir o tempo no banho.
  2. Colocar o aparelho na posição verão nos períodos mais quentes do ano.

Como resultado da segunda dica, é possível poupar 30% de energia elétrica residencial.

Ferro

O ferro elétrico é outro eletrodoméstico que tem impacto significativo na conta de luz. Para racionalizar o uso dele, você tem algumas opções:

  • Pendurar as roupas bem esticadas no varal. Assim, elas dão menos trabalho para passar. Uma sugestão é até mesmo pendurar as camisetas, camisas e blusas para secar em cabides de plástico.
  • Dê preferência para roupas de tecidos que não precisam ser passados.
  • Defina bem o que é obrigatório passar. Roupas de casa, por exemplo, não precisam passar.

Geladeira

A geladeira também é um dos eletrodomésticos que mais consome energia. Mas, infelizmente, não tem como ficar sem ela. A questão é saber como usar de forma que o gasto de energia elétrica seja menor.

Primeiro, não fique abrindo e fechando a geladeira a todo momento. Quando você abre a porta, o ar frio sai e o ar quente entra. 

Com isso, o eletrodoméstico precisa esfriar novamente e nesse processo, consome mais energia. Então, abra o mínimo possível. Ainda mais os aparelhos com freezer embutido.

Outra dica fundamental é conferir se as borrachas da porta estão vedando corretamente o ar. Existe um teste muito simples para isso.

  • Feche a porta da geladeira em uma folha de papel.
  • Em seguida, puxe lentamente.

Se houver resistência, ou seja, se for difícil puxar a folha, quer dizer que a borracha está em boas condições. Por outro lado, se a folha passar fácil, é preciso trocar a borracha da porta. Já que ela não está vedando corretamente.

Tela do computador

A tela do computador e todos os aparelhos que ficam em stand by (modo de descanso) ainda assim consomem energia. Dessa forma, sempre que não estiver usando um aparelho, desligue completamente. E de preferência, retire da tomada.

Lâmpadas mais econômicas

Apesar de serem mais caras, as lâmpadas de LED duram 3 vezes mais do que as fluorescentes. Além disso, elas consomem quase a metade da energia. Ou seja, no longo prazo, têm um melhor custo-benefício.

No entanto, seja LED ou fluorescentes, essas lâmpadas são muito melhores do que as incandescentes. Então, trocar a iluminação da sua casa também pode ajudar a economizar energia.

Qual o melhor horário para economizar energia?

Sim, uma dica é evitar o uso de aparelhos elétricos no horário de pico. Ou seja, entre 18h e 21h. Mas essa regra só vale para quem utiliza a Tarifa Branca.

Essa tarifa foi criada para refletir o uso da energia conforme o horário e possibilitar uma economia na conta. Quem optar pela Tarifa Branca e utilizar energia fora do horário de pico, consegue pagar menos.

Mas, se você usar muita energia elétrica residencial no horário de pico, permaneça na Tarifa Convencional. Assim, você não corre o risco de acabar pagando ainda mais caro na conta de luz.

10 dicas para poupar energia

1. Iluminação natural. 

Aproveite o Sol, deixe janelas abertas. Mantenha os cômodos abertos para usar a luz natural e diminuir a necessidade de acender as lâmpadas.

2. Pinte as paredes com cores claras.

Pode parecer um detalhe, mas faz toda a diferença. Um ambiente escuro faz com que você acenda mais a luz. Um ambiente mais claro favorece a dica anterior (iluminação natural).

3. Prefira lâmpadas fluorescentes ou de LED.

Conforme dito anteriormente, esse tipo de lâmpada é mais econômico e dura mais tempo.

4. Mantenha os lustres limpos, para evitar o uso de lâmpadas mais potentes.

Muitas vezes, os lustres acabam reduzindo um pouco a luminosidade. Então, mantenha tudo limpinho. E eventualmente, busque por alternativas que ampliem a luminosidade.

5. Apague a luz sempre que sair de um cômodo.

Essa dica é do tempo da vovó, mas nunca sai de moda. Apagar a luz é um gesto simples, mas que contribui com a economia e para o meio ambiente.

6. Evite apagar e acender a luz o tempo todo.

Assim como a dica anterior, poupar energia também inclui não apagar e acender a luz o tempo todo. Essa é uma forma de economizar energia elétrica e diminuir a conta de luz.

7. Chuveiro elétrico

Também já abordamos esse ponto anteriormente, mas é importante ficar de olho no chuveiro. Outra dica é limpar regularmente a saída de água. Quando o espalhador fica entupido, isso atrapalha o fluxo de água e pode causar aquecimento desnecessário. 

Além disso, fique de olho na fiação. Nada de remendos caseiros na resistência. Isso é perigoso e causa um gasto desnecessário na conta.

8. Tire os aparelhos da tomada

Entre as maneiras mais eficazes de economizar energia elétrica é tirar aparelhos da tomada. Por exemplo, o microondas que só é usado algumas vezes por dia, não precisa ficar o dia todo ligado. Da mesma forma, cafeteira, ventilador, carregador de celular… e por ai vai.

9. Geladeira

Já falamos do abre/fecha e também da borracha da geladeira. Outras dicas para poupar energia é afastá-la da parede. Deixe a geladeira entre 10cm e 15cm da parede, para não esquentar muito o motor. E não a deixe exposta ao sol, nem próxima do forno.

10. Ferro de passar roupas

Nesse período em que muitos ficaram mais tempo em casa, dá até pra ficar uma semana sem passar roupas, certo? E com as dicas de pendurar roupas em cabides de plástico para secar após a lavagem, fica ainda mais fácil economizar energia.

Conclusão: é preciso economizar energia

Existem muitas formas de economizar energia elétrica, e neste texto apresentamos 10 dicas práticas para você. Seja uma atitude para o meio ambiente ou para diminuir a conta de luz, poupar energia é o caminho.

Enfim, agora, que você já sabe porque é preciso economizar energia, aproveite para guardar o dinheiro que sobra. Na Grão, você tem a mesma facilidade da poupança tradicional, mas com rentabilidade maior.

Para mais dicas financeiras, siga o perfil da Grão nas redes sociais: Instagram, Facebook e YouTube.

E baixe grátis o aplicativo Grão e comece agora a juntar dinheiro! O app está disponível nas lojas de aplicativos Google Play ou App Store.

FAQ

Tarifa Social de Energia Elétrica

A TSEE (Tarifa Social de Energia Elétrica) foi criada em 2002. O objetivo dela é garantir descontos na conta de luz dos consumidores de baixa renda. Por exemplo, quilombolas e indígenas com consumo mensal entre 0 e 50 KWh têm desconto de 100%.

Quem tem direito?

Podem acessar a Tarifa Social: as famílias inscritas no Cadastro Único com renda per capita de até meio salário mínimo, idosos ou deficientes que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada), e famílias do Cadastro Único que tenham alguma pessoa deficiente ou doente que precise de aparelho médico de uso continuado.

Como cadastrar na Tarifa social de energia elétrica

Basta solicitar à distribuidora de energia da sua cidade. Será preciso informar nome completo, CPF, carteira de identidade e o código da unidade consumidora. Além disso, também deve ser apresentado o NIS, código familiar do Cadastro Único e Número do Benefício para o BPC. Para mais informações, ligue para ANEEL no telefone 167.

Leia também

Deixe seu comentário

Comece a poupar com a Grão