Cartão de crédito - Grão

Cartão de Crédito: como fazer pela internet?

Hoje em dia, muitas compras dependem de um cartão de crédito para serem feitas. Principalmente quando falamos de compras online.

Além disso, existem métodos de pagamento automático em cartão de crédito, como assinaturas de serviços de streaming.

Nos momentos de emergência, por exemplo, quando você não tem dinheiro disponível, ele também pode te salvar.

Ao mesmo tempo, esse acessório também permite parcelar compras. Dessa forma, você pode adquirir itens mais caros e difíceis de serem pagos à vista.

Claro, usando sempre com controle, ok? Por isso, vamos te explicar neste texto como ter e usar o cartão de crédito de forma saudável.

O que é cartão de crédito?

O cartão de crédito nada mais é do que um empréstimo feito pelo banco. No entanto, só é cobrado juros em cima desse empréstimo caso você não pague a fatura até a data determinada.

Em outras palavras, quando você faz uma compra no cartão de crédito, o seu banco paga à loja. Então, depois, você paga o valor ao seu banco na data estipulada.

Entretanto, caso você atrase esse pagamento, começam a correr juros. E sem dúvida, é aqui que muitas pessoas se endividam.

A ideia desses cartões é fidelizar o cliente e, assim, fidelizar os sistemas de maquininhas e pagamentos. Consequentemente, os lojistas, que pagam taxas para aceitar cartões de crédito.

Para os bancos, quanto mais você comprar com o cartão de crédito, melhor. É por isso que alguns deles oferecem sistemas de pontos, beneficiando quem usa mais o serviço.

Cartão de crédito - Grão
Crédito: Pexels

Como o cartão de crédito funciona?

Em resumo, o cartão de crédito funciona como um voto de confiança que o banco dá em você. Ou seja, ele te oferece crédito acreditando que você o pagará de volta.

Você contrata o serviço de um banco, ganha o cartão para usar em compras e pagamento de serviços e depois precisa pagar a fatura ao banco.

Mas é claro que os bancos não são “bonzinhos” e saem dando crédito a qualquer pessoa. 

Eles avaliam o seu score no Serasa e disponibilizam um valor maior para pessoas que comprovadamente são boas pagadoras.

Por isso, é bastante comum que, ao contratar um cartão de crédito, você tenha um limite mais baixo. Com o tempo, o banco vai aumentando o seu limite.

Esse aumento do limite é feito conforme você vai comprando e pagando em dia. O banco entende que você é um bom pagador e, aos poucos, vai te oferecendo mais crédito.

É justamente por isso que pessoas endividadas muitas vezes não conseguem um cartão de crédito. Ou pelo menos não conseguem um limite muito alto.

Cartão de crédito consignado

O cartão de crédito consignado é bem parecido com um cartão de crédito comum. No entanto, ele é especialmente destinado ao público aposentado e servidores públicos.

Ou seja, ele vale para pensionistas do INSS e pessoas que trabalham em órgãos públicos, conforme o convênio da empresa.

Na prática, ele funciona como um cartão de crédito comum. Pode ser usado para fazer compras, pagar serviços e fazer parcelamentos. 

A diferença é que a fatura é descontada diretamente do holerite ou da conta bancária de quem contrata o produto. Funciona igual o empréstimo consignado.

Como fazer cartões de crédito pela internet?

Hoje em dia, fazer um cartão de crédito é bem fácil. Muitos bancos, inclusive os bancos digitais, oferecem a opção de fazer o cartão pela internet.

Por meio do aplicativo do banco, é possível criar uma conta e fazer o pedido pela internet. Basta baixá-lo no seu celular e seguir o passo a passo.

Você precisará enviar uma foto do seu documento de RG ou CNH, CPF, comprovante de renda e uma foto sua.

Então, o banco fará uma avaliação sobre o seu score e liberará ou não o cartão para você. Esse processo pode demorar algumas horas ou poucos dias.

Depois disso, será disponibilizado o seu limite (também de acordo com o seu score). E o cartão será enviado para a sua casa pelos correios.

Ao chegar, é só desbloquear o cartão pelo aplicativo e usar. Com o tempo, você pode solicitar o aumento do seu limite.

Lembre-se que quanto mais você usar o seu cartão e pagar a fatura em dia ou adiantado, mais rápido o banco vai aumentar o seu limite.

Ah, e você também terá um cartão virtual. Ele funciona como um código que você pode utilizar para fazer compras online, sem a necessidade do cartão físico.

Cartão de crédito - Grão
Crédito: Pexels

Cartão de crédito sem anuidade

Na hora de escolher o banco pelo qual você quer ter o cartão de crédito, atente-se à anuidade. A maioria dos bancos tradicionais cobram uma taxa pelo serviço.

Já os bancos digitais, em sua grande maioria, não cobram anuidade pelo cartão. Dessa forma, são opções bem mais democráticas.

Por que pagar anuidade de cartão de crédito

Se você utiliza muito o cartão de crédito e pode conseguir vantagens com bônus, talvez o cartão do banco tradicional valha a pena.

Essa decisão sobre a instituição financeira escolhida deve ser feita levando em conta o seu perfil e os seus hábitos de consumo.

Avalie com cuidado todas as opções dadas pela instituição e veja o que faz mais sentido para você e suas necessidades.

Como obter um cartão de crédito?

Para conseguir ter um cartão de crédito, você precisará ter o nome limpo e um bom score no Serasa.

Muitas pessoas não entendem por que não conseguem cartão de crédito, por que ele não é aprovado. E este é o motivo.

Se você tem dívidas, o primeiro passo é quitá-las. Renegocie elas se for necessário, muitas vezes você consegue abaixar o valor a ser pago dessa forma.

Você também pode arranjar formas de ter uma renda extra para pagar essas dívidas.

Com o nome já limpo, para aumentar o seu score você precisa se mostrar um bom pagador. Para isso:

  • Pague as contas sempre em dia;
  • Mantenha seu nome limpo;
  • Atualize seus dados cadastrais na Serasa.
  • Abra o Cadastro Positivo.

Por incrível que pareça, para melhorar o seu score, você precisará fazer compras. A questão é pagá-las em dia ou, se puder, adiantado.

Assim, aos poucos, o Serasa consegue medir que você é um bom pagador.

Muitas pessoas nunca tiveram dívidas e têm um score baixo porque não costumam comprar nada com cartões ou parcelado. 

Dessa forma, o sistema não tem como medir o seu índice de pagamento. Portanto, atente-se a isso.

Como usar o cartão de crédito?

Usar o cartão de crédito é bastante fácil e conveniente. No entanto, é preciso muito cuidado e disciplina para não se endividar.

Separamos algumas dicas de boas práticas:

  • Evite parcelamentos longos;
  • Ajuste o limite dentro do quanto você pode gastar e não o que o banco te disponibiliza;
  • Determine quantias que você pode gastar com cada tipo de compra (comida, lazer, roupas, remédios, etc.);
  • Não empreste seu cartão de crédito a terceiros;
  • Sempre acompanhe seus gastos pelo aplicativo;
  • Tenha uma reserva de emergência e jamais faça compras no cartão de crédito que excedam o valor que você já tem guardado para usar caso ocorra algum imprevisto;
  • Pague a fatura sempre em dia, evite parcelar fatura pois os juros são muito altos nesse caso.

Cartão de crédito é despesa fixa ou variável?

O cartão de crédito contempla muitas despesas. Algumas delas podem ser fixas, como fatura de serviços de streaming (Netflix, Amazon) e mensalidade de academia.

Já outra boa parte é composta por despesas variáveis. São as compras em geral que, por mais que sejam recorrentes, não têm um valor fixo todo mês.

Para manter o controle financeiro do seu cartão de crédito, é bom que você anote tudo isso em uma planilha.

Faça uma lista daqueles valores que virão todos os meses na sua fatura. Depois, estipule um valor que pode ser gasto com comida, com compras, etc.

Dessa forma, você evita ter surpresas desagradáveis ou então gastar o dinheiro que deveria ir para o pagamento da fatura.

Cartão de crédito para negativado

Algumas instituições financeiras oferecem cartão de crédito para negativados. Isso quer dizer: o cartão de crédito é aprovado mesmo com nome sujo.

No entanto, geralmente esses cartões têm, obrigatoriamente, taxas. Afinal, o risco que o banco corre ao te dar esse crédito é maior, já que você já está endividado.

Atente-se também às regras do rotativo do cartão. O Banco Central definiu novas regras do cartão de crédito e, desde abril, os bancos não podem permitir que o cliente fique mais de 30 dias no rotativo.

Ficar no rotativo quer dizer pagar os juros mais altos do mercado financeiro. Ou seja, depois desse prazo de 30 dias, o banco deve oferecer uma opção de parcelamento com juros menores.

Por que não usar cartão de crédito?

Muitas pessoas se perguntam se cartão de crédito é bom ou não. Afinal, com certeza você conhece alguém que já se endividou no cartão de crédito.

A verdade é que o cartão de crédito é uma ferramenta. Quem pode usá-la de forma favorável ou desfavorável é você.

Se você já está negativado, é melhor pensar duas vezes antes de pedir um cartão de crédito. 

Falamos muito aqui sobre organização financeira e acreditamos que ela é a melhor solução para ter uma relação saudável com o dinheiro. E consequentemente, uma vida confortável.

Estude sobre educação financeira, se organize, quite suas dívidas e só então peça um cartão de crédito.

Caso você esteja em uma situação de emergência, tente encontrar a alternativa que ofereça menos juros possível. E foque em como você vai fazer para recuperar esse prejuízo logo depois.

Cartão de crédito - Grão
Crédito: Pexels

Mais dúvidas

Quando um cartão vira?

A data de “virada” do cartão pode ser escolhida pelo dono na hora da emissão. Geralmente, o banco te dá algumas opções de datas para você pagar a sua fatura, como todo dia 5 ou 20.

Dependendo da data que você escolher para pagar a fatura, é determinada a data em que o cartão vira. 

O cartão sempre vira alguns dias antes da data do pagamento da fatura, que é quando a conta é fechada naquele mês.

Para conferir quais são essas datas no seu cartão, acesse o aplicativo do seu banco e busque no menu de informações.

O que é o CVV do cartão de crédito?

O CVV é um código de segurança do cartão. Ele fica atrás do seu cartão e possui 3 números. 

Em compras online, por exemplo, será pedido esse número como método de segurança. Por isso, jamais passe esse código para outras pessoas.

E se eu tiver o cartão clonado?

A clonagem de cartão infelizmente ainda é um golpe comum. No entanto, hoje, é possível recorrer ao banco assim que você perceber uma movimentação suspeita na sua fatura.

Comunique a instituição, bloqueie o cartão e então você não precisará pagar nada do que foi comprado em seu nome. Os cartões de crédito possuem seguros para isso.

Em seguida, a instituição financeira enviará um novo cartão, com novos números.

Conclusão

O cartão de crédito é um método de pagamento muito frequente e quase indispensável nos dias de hoje. 

Ele pode ser muito benéfico, te ajudar a parcelar compras e, quando bem utilizado, até pode te ajudar a economizar. 

Isso porque muitos deles oferecem pontos e a maioria das lojas oferecem parcelamento sem juros, o que pode ser vantajoso.

Por outro lado, nas mãos de quem não tem controle, o endividamento é praticamente uma certeza.

Se você acha que tem responsabilidade para isso, faça sua tabela de controle de gastos, foque em ter seu nome limpo e use com consciência.

Agora, se você se conhece, sabe que é consumista e facilmente perde o controle, é melhor não ter um.

E se você quer melhorar suas finanças, conte com a Grão. Todos os dias trazemos dicas financeiras nas nossas redes sociais: Instagram, Facebook e YouTube.

Por fim, baixe grátis o aplicativo Grão e comece agora a juntar dinheiro! O app é gratuito e está disponível nas principais lojas de aplicativos Google Play ou App Store.

Leia também

2 comentários

  • Responder

    […] de 30 dias, os bancos oferecem linhas de crédito mais “acessíveis” para quem está devendo no cartão de crédito, mas essas taxas chegam perto de 200% ao ano. Não é bom negócio ficar devendo no cartão de […]

  • Responder

    […] é fundamental “dar um tempo” para o cartão de crédito, comprando mais à vista e com desconto; além disso, evite a compra parcelada e novos empréstimos […]

Deixe seu comentário

Comece a poupar com a Grão