Alimentação saudável: 5 dicas para economizar no orçamento

Alimentação saudável: 5 dicas para economizar no orçamento

Alimentação saudável combina com economia no orçamento? Conheça 5 super dicas que vão te mostrar como isso é possível!

Uma alimentação saudável combinada com a economia no orçamento não só é possível, como é desejável!

Toda a situação de 2020 serviu para, entre outras coisas, nos darmos conta de como é importante reavaliarmos nossos hábitos. Uma alimentação saudável faz parte deste contexto.

Temos algumas dicas sobre alimentação saudável, bem como sobre a oportunidade de economizar no orçamento a partir desse hábito. Queremos que você se sinta bem e seja capaz de guardar dinheiro enquanto escolhe se alimentar melhor.

Antes de começarmos, é importante lembrar que não faremos nenhuma recomendação de consumo de determinados alimentos. Nossas dicas são cuidadosas, mas muito abrangentes, portanto, é essencial buscar um nutricionista, ok?

Alimentação saudável com economia no orçamento

Muitas pessoas associam o ato de manter uma alimentação saudável a uma renda muito elevada. Como se para comer bem (e direito) fosse preciso ter muito dinheiro. Este é um mito que deve ser derrubado logo de cara.

Trata-se de um mito porque o melhor alimento para a sua saúde não é necessariamente o mais caro. Aliás, não se trata de encontrar o alimento ideal, mas de fazer escolhas mais inteligentes na hora de comer.

É natural do ser humano querer simplificar tudo, portanto queremos também encontrar a comida perfeita. A dieta saudável, no entanto, é composta por diversos alimentos e seus nutrientes. E entender isso é o primeiro passo para uma alimentação mais equilibrada.

Algumas questões podem fazer sentido neste momento:

  • Eu sei exatamente quanto estou gastando com alimentação no meu orçamento?
  • Posso trocar algum alimento por outro mais saudável?
  • A variedade do cardápio pode ser maior, mesmo sem elevar o gasto com compras? Como?

A alimentação saudável começa com suas escolhas

O mito da alimentação equilibrada envolver mais dinheiro nos faz esquecer que temos responsabilidade total nas escolhas diárias. Comer melhor está associado ao fato de aprendermos a ajustar nossa rotina alimentar à realidade financeira possível.

Como somos também apegados ao que já está enraizado, mudar o cardápio pode parecer difícil. Mas são as escolhas que farão diferença. O preço de determinados itens pode ser um limitador, mas hoje já é possível contornar isso.

Talvez você precise de mais:

  • Paciência para criar listas de compras de alimentos saudáveis;
  • Persistência para encontrar descontos e preços mais interessantes;
  • Criatividade para inovar e aproveitar novas receitas.

Dicas para uma alimentação saudável

Agora que você já está pensando um pouco melhor no que é capaz de mudar em sua rotina para se alimentar melhor, confira algumas dicas.

1. Compre alimentos da estação

Se o foco é economizar no orçamento enquanto enche a casa com alimentos saudáveis, então aproveite os alimentos da estação.

Como a safra costuma ser afetada pela sazonalidade, diferentes momentos do ano costumam oferecer oferta maior de certos alimentos. O que também traz a possibilidade de pagar mais barato por eles.

De janeiro a abril, por exemplo, são mais comuns:

  • Legumes: berinjela, beterraba, abobrinha e tomate;
  • Verduras: repolho, rúcula e acelga;
  • Frutas: goiaba, mamão e pera.

De maio a agosto:

  • Legumes: batata doce e mandioca;
  • Verduras: espinafre, couve, agrião e rabanete;
  • Frutas: morango, mexerica e laranja.

De setembro a dezembro:

  • Legumes: cenoura, pimentão e vagem;
  • Verduras: couve-flor, palmito e brócolis;
  • Frutas: ameixa, jabuticaba e melancia.

2. Pratique exercícios físicos

Além de comer melhor, é fundamental também praticar mais exercícios físicos. Abandonar o sedentarismo enquanto coloca em prática uma alimentação saudável pode acelerar os resultados e sua qualidade de vida.

Outro efeito muito interessante da prática de atividades físicas aparece também nos hábitos, afinal de contas você desenvolve disciplina. Com ela, fica muito mais fácil conseguir fazer controle financeiro, por exemplo, e economizar em outras coisas.

3. Não desperdice

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), em um ano são desperdiçadas 1,6 bilhão de toneladas de comida. No Brasil, são mais de 20 milhões de toneladas por ano. É muita comida, não acha?

E se você desperdiça comida, também desperdiça dinheiro. Além de comprar e preparar apenas o necessário, reaproveite o máximo possível dos alimentos e da água usada na preparação.

Triture menos os alimentos. Essa dica simples pode fazer muita diferença para maximizar a matriz nutritiva do que você vai comer. E mais: a casca, algumas raízes e sementes podem ser parte do seu cardápio.

A água usada para cozinhar alguns itens pode se transformar em uma base para sopa em outro horário. Outra opção para ela é ser usada para fazer o arroz (isso inclusive preserva boa parte dos nutrientes).

4. Evite alimentos industrializados

Não é novidade que os produtos industrializados são menos ricos em nutrientes, enquanto contém mais conservantes, corantes e componentes químicos. Quanto menos comê-los, melhor.

Sair dos alimentos industrializados para os orgânicos nem sempre é tão simples. E aqui o mais importante é agir para equilibrar um pouco mais essa relação. Se você fez uma refeição a menos com enlatados, por exemplo, já melhorou.

5. Pesquise para comprar mais barato

Quando você cria uma lista de compras e pesquisa preços, você consegue economizar muito no seu orçamento doméstico. Só assim você será capaz de comer melhor e ainda guardar dinheiro!

Hoje em dia, praticamente todos os mercados e vendedores de frutas/verduras atendem pelo whatsapp. Então você pode passar sua lista e receber com facilidade os preços. Se for preciso comprar em diferentes lugares para pagar menos, faça isso.

Alimentação saudável com economia? SIM!

Seguindo algumas dicas simples, você conseguirá reduzir custos e manter a alimentação saudável. Além disso, lembre-se: defina um valor máximo para os gastos e anote tudo.

Acompanhe os conteúdos aqui no portal, os vídeos no canal do Youtube e o nosso podcast.

Um objetivo é sempre muito importante para ajudar você a se manter motivado. Isso vale para a alimentação, mas também para juntar dinheiro. Aprenda mais sobre isso no vídeo abaixo:

#boraguardar na Grão

A equipe Grão está aqui para te ajudar a cuidar de sua saúde e, com isso, também contribuir para seu bem-estar financeiro. Queremos que você cuide bem do seu corpo e também do seu bolso!

Todos os dias você vai encontrar dicas, sugestões, artigos, ferramentas e muita informação de qualidade nas nossas redes sociais. Então siga-nos no Instagram, Facebook e Youtube.

O mais importante para nós é sua atitude. Valorize a chance de escolher e comece com pequenas mudanças no seu dia a dia.

Isso vai ser importante para a sua saúde alimentar e também para seu futuro financeiro. Baixe nosso App e experimente a jornada de educação financeira que preparamos para você.

App Grão é gratuito e está disponível para celulares Android e iOS (Apple).

Vem pra Grão!

Foto: Pexels.

Leia também

Deixe seu comentário

Comece a poupar com a Grão