13º Salário e suas prioridades para 2020

13º Salário e suas prioridades para 2020

Final de ano é sempre sinônimo de 13º salário, não é mesmo? Boa parte das pessoas espera ansiosamente por esse momento, pois é a chance de realizar alguns sonhos de consumo, pagar dívidas e guardar dinheiro.

De acordo com a pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e SPC Brasil, uma parte considerável dos brasileiros que recebem o 13º salário pretendem usar esse dinheiro extra também para investir.

Se 32% das pessoas ouvidas pela pesquisa pretendem usar o 13º salário para comprar presentes, 24% querem guardar parte do dinheiro. O pessoal do Dinheirama gravou um podcast especial abordando o tema, você pode (e deve) ouvi-lo clicando aqui.

O ano de 2020 bate à porta: hora de guardar dinheiro

Olhando para o cenário econômico e financeiro do país, está claro que o momento merece certa cautela. O país precisa ainda enfrentar situações e reformas importantes.

Demoramos praticamente um ano para discutir e aprovar uma reforma importante, a da Previdência, mas ainda existem outros temas igualmente relevantes para serem enfrentados.

Avançar em temas como Reforma Fiscal, pacto federativo e outros tantos, que todos os dias ouvimos na TV ou vemos na internet, é fundamental para fazer com que nossa economia de fato possa voltar a crescer.

É verdade que o emprego já deu sinais de recuperação em 2019, mas muita gente ainda não conseguiu encontrar um trabalho com a mesma remuneração de antes da crise.

Por conta dessa dificuldade de crescer e alguns fatores externos, como a guerra comercial e eleições nos EUA, é bem provável que ainda não tenhamos em 2020 alcançado o percentual de crescimento necessário para mudar o atual cenário.

13º salário: dinheiro extra que você pode guardar

Ficamos muito felizes com os números da pesquisa que apontou o desejo das pessoas de começar a guardar dinheiro. Isso sem dúvida é algo muito positivo.

Trata-se, no entanto, de uma intenção. Ela, por si só, não representa que na prática essas pessoas conseguirão guardar o dinheiro.

Pois é, dezembro, mês em que cai a última parcela do 13º salário, é um mês dedicado às compras e que possui forte apelo emocional por conta do Natal e todo o espírito de ano novo. É natural participar de confraternizações e trocarmos presentes também.

Por isso, mais do que ter a intenção de guardar dinheiro, é fundamental que as pessoas passem da vontade para a prática e transformem o desejo em atitude.

Agora, o melhor momento para guardar dinheiro

Você ja se perguntou sobre o momento ideal para investir? Muita gente espera ver o que sobra para só então tentar guardar algum dinheiro.

Na verdade, gostamos de usar uma regra que está ficando bem famosa para falar sobre o melhor momento de investir: “Recebi, Investi”. Funciona porque é um método simples, prático e com resultado comprovado. Não deixe para depois, guarde agora mesmo aqui na Grão.

Os hábitos de consumo acabam se tornando prioridade no meio da correria do dia a dia e, quando percebemos, acabamos com a conta no vermelho e sem guardar. Com o “Recebi, Investi”, resolvemos esse problema e saímos da intenção para a prática. Caiu o salário? Guarde na hora algum dinheiro. Pouco. Muito. Guarde.

Onde e como investir o 13º salário?

Outra dúvida que permeia o tema de 13º salário é onde e como investir esse dinheiro. Muito tem se falado sobre o atual momento de queda de juros e a renda fixa não oferecer retorno tão atraente como o de alguns anos atrás.

Os juros mais baixos diminuíram o retorno da renda fixa, mas não diminuem a necessidade de formar a reserva de emergências. Tampouco significam que todos devem migrar a maior parte de seu dinheiro para investimentos mais agressivos.

Justamente por isso é importante avaliar com calma e pensar que o Brasil, mesmo com os juros no menor patamar de sua história, ainda apresenta boas oportunidades na renda fixa.

Aqui na Grão, oferecemos a oportunidade para guardar dinheiro com um título público, o conhecido Tesouro Selic, que além de ser sinônimo de segurança também oferece retorno de até 106% da caderneta de poupança.

Não recebo o 13º salário, o que eu devo fazer?

Se você é um dos brasileiros que não recebe décimo terceiro salário, é importante lembrar que você pode pouco a pouco criar o seu próprio 13º salário.

As empresas se preparam mês a mês para o momento do pagamento do 13º salário. Usar o mesmo expediente é algo que certamente fará o seu final do ano mais próspero.

Você não precisa definir um valor tão alto, igual ao que recebe, mas só o fato de conseguir ter à disposição dinheiro para comprar algo importante ou presentear alguém já fará toda a diferença.

Então comece já a fazer o seu décimo terceiro pessoal, reservando parte de suas receitas com esse intuito.

A Grão sempre está ao seu lado!

Ao longo desse ano todo, tivemos a oportunidade de falar sobre os mais variados assuntos relacionados a dinheiro, consumo e como guardar dinheiro.

Você já sabe que estamos aqui na Diin (que agora é Grão) para transformar sua vida, e isso mostrando que é possível guardar dinheiro de Grão em Grão para realizar seus sonhos.

Por isso, aproveite agora para abrir sua conta gratuitamente e transforme seus sonhos em realidade.

Leia também

Deixe seu comentário

Comece a poupar com a Grão